quarta-feira, agosto 22, 2018

“Falta de autoridade, falta de comando, medo”, diz General sobre ausência de Camilo em debate

 Acrescentaria também, a falta de espírito democrático...

O primeiro debate entre os candidatos ao Governo do Estado começou com o rechaço à ausência do governador Camilo Santana (PT). General Theóphilo (PSDB) disse que não se podia esperar outra coisa de um governo que tem como marca a “falta de autoridade, falta de comando, medo”. O debate foi realizado pelo Sistema Jangadeiro em parceria com o Focus.jor.

Ao ser questionado sobre segurança, Hélio Góis (PSL) alfinetou: “quem não tem coragem para enfrentar um debate,  não tem coragem para enfrentar a criminalidade”.

Ailton Lopes (PSOL) lamentou a postura de Camilo, “que não se propõe a participar de um debate democrático”.

A postura do governador também foi rechaçada pela Jangadeiro. “Todo governante deve satisfação à população”, disse o mediador Wanderley Filho, que destacou que o candidato perdeu chance de falar com o povo.

Nenhum comentário:

Destaque

Bolsonaro tem 59% dos antipetistas

Jair Bolsonaro tem 59% dos votos entre os antipetistas, diz o Ibope. A taxa era de apenas 41% na véspera do atentado contra ele. De a...