segunda-feira, julho 09, 2018

CNJ tem seis representações contra Favreto

 Cerca de 100 juízes, promotores e procuradores entraram neste domingo com uma representação contra Favreto.

Até o fim da manhã desta segunda-feira 9, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) havia recebido seis representações contra o desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). As petições pedem apuração das circunstâncias jurídicas em que o magistrado concedeu o habeas corpus a favor do ex-presidente Lula, nesse domingo, 8. As informações são do Estadão Conteúdo.

Enviaram as representações a ex-procuradora do Distrito Federal Beatriz Kicis e o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP). Cerca de 100 representantes do Ministério Público e do Poder Judiciário também questionaram a decisão de Favreto, afirmando que a ação “viola flagrantemente o princípio da colegialidade”. As representações devem ser analisadas pelo corregedor do CNJ e ministro do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio Noronha.

Nenhum comentário: