quarta-feira, junho 27, 2018

Estamos mesmo numa democracia?


 Observando as andanças do governador Camilo Santana pelo interior do Ceará, percebemos o quanto necessitamos de um novo pacto federativo, para o bem da democracia. E o mais rápido possível! Não é racional, união e estados concentrarem a maior parte dos recursos, o quê se percebe aqui, na construção das areninhas, no dinheiro para aluguel de carros diferenciados, com as brinquedopraças... E os mais diversos mimos para aliados políticos. 

Pelo visto, dinheiro não é problema para o governo do Ceará, enquanto muitos municípios não dispõem de recursos para pagar funcionários. Bancar obras com recursos próprios? Nem em sonho! Resultado: ocorre o que estamos vendo, o governador vai para eleição com quase todos os partidos e ampla maioria de prefeitos bajuladores. Se os recursos fossem mais bem distribuídos, certamente, essa situação não aconteceria e teríamos de fato, uma democracia.

Nenhum comentário:

Destaque

De acordo com Data folha Nordeste é o obstáculo para a vitória de Bolsonaro no 1º turno

 Sem o Nordeste, Bolsonaro teria cerca de 34% das intenções de voto pelo Datafolha É a fidelidade a Lula (via Haddad) e a opção por Ciro...