sexta-feira, maio 18, 2018

Presidenciável Flávio Rocha diz que Ciro quer instalar no Brasil o “socialismo bolivariano”



O pré-candidato à presidência da República, empresário Flávio Rocha (PRB), subiu o tom ontem contra Ciro Gomes (PDT), que também pleiteia o posto de chefe do Palácio do Planalto, e o acusou de fazer “socialismo bolivariano” quando apresenta saídas para a economia brasileira, ainda estagnada após dois anos de governo Michel Temer (MDB).

Crítico da economia liberal, Ciro chegou a declarar, em palestra no município de Uberlândia, em junho de 2016, que “o liberalismo nunca produziu saída para nenhuma sociedade na história humana”. Para o conservador Flávio Rocha, “a ideologia que ele (Ciro) propugna é a do bolivarianismo socialista que devastou a Venezuela e 70 experiências socialistas no mundo”.

Defensor do livre mercado, o pré-candidato diz que a ideologia defendida pelo PRB “é aquela que está aplicada no Chile, que é uma economia livre e uma das mais liberais do mundo”. 
 
Viajando pelo País afora com objetivo de se tornar conhecido do grande eleitorado, Rocha afirma que sua pré-candidatura tenta evitar que os eleitores tenham que escolher “entre um projeto de extrema esquerda e extrema direita”.

Para ele, “extrema esquerda significa voltar a um período de devastação da economia e dos valores” e “um projeto de extrema direita é abrir mão da democracia”.

O pré-candidato tentou, ainda, criar diferenças entre a postulação do PRB e a pré-candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ). Embora conservadores, Rocha disse que Bolsonaro “não tem nenhum compromisso com as ideias do livre mercado, muito menos com a democracia nem com as reformas”, que segundo ele “são absolutamente imprescindíveis” ao País. Ele diz ainda ver “uma diferença brutal” entre os dois projetos que serão apresentados ao Brasil em pouco menos de três meses.

O que me tirou da zona de conforto foi justamente a ausência de ter em quem votar”.



(O POVO – Repórter Wagner Mendes)

Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...