quarta-feira, abril 18, 2018

POR UNANIMIDADE, STF TORNA AÉCIO RÉU

 Alexandre de Moraes destacou as suspeitas em relação à delação da JBS, mas votou pelo recebimento da denúncia contra o senador Aécio Neves pelo crime de corrupção passiva.

Segundo o ministro, “a existência de dúvida razoável” em relação à prática desse delito leva à abertura da ação penal.

Assim, quanto ao crime de corrupção passiva, a Primeira Turma do STF tornou réus o tucano e os outros três denunciados pela PGR — Andrea Neves (irmã do senador), Frederico Pacheco (primo do senador) e Mendherson Souza Lima (ex-assessor de Zezé Perrella).

No que tange ao crime de obstrução de Justiça, os quatro viraram réus por 4 a 1, ficando vencido o ministro Alexandre de Moraes.



Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...