terça-feira, abril 17, 2018

Candidatura de Eunício e Maia depende dos humores de Temer

 A Coluna Radar, da Veja, em nota assinada pelo jornalista Gabriel Mascarenhas, fez o seguinte raciocínio: “Até o final do ano, Michel Temer terá o poder de tirar Eunício Oliveira e Rodrigo Maia, com quem vive às turras, do jogo eleitoral. O primeiro disputará a reeleição e o segundo é candidato a presidente, ao menos por enquanto.

A reportagem lembra que ambos estão na linha sucessória presidencial. Quando Temer sai do país, Maia precisa assumir. Na ausência ele, sobra para Eunício. “A lei eleitoral, porém, impede que qualquer um dos dois dispute a eleição se ocupar uma cadeira no Executivo”.

Ou seja, a partir de agora, a qualquer tempo, se Temer fizer uma viagem ao exterior, Maia e Eunício devem correr para arrumar as malas e arrumar um destino além das fronteiras nacionais. Caso contrário, não poderão ser candidatos a coisa alguma..”



Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...