terça-feira, janeiro 30, 2018

Janeiro sangrento:média diária de homicídios já supera a marca de 2017, ano que registrou recorde no Ceará

 Janeiro de 2018 já registrou pelo menos 417 assassinatos no Ceará, antes mesmo de o mês acabar. A média diária do mês (14,3 por dia) já supera a média diária de 2017 (14 por dia), ano que registrou recorde de homicídios no estado.

Até o dia 24 deste mês (a última quarta-feira), 348 pessoas foram assassinadas no estado. Os dados consolidados são informados no site da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

O boletim diário da secretaria aponta ainda mais 12 homicídios no dia 25, 7 no dia 26 e 31 no dia 27 (o dia da Chacina das Cajazeiras). O sábado foi a última data em que a secretaria divulgou boletim de ocorrências.

Somados esses casos, foram 398 homicídios até o sábado. 4 homicídios no domingo (28) e 5 na segunda-feira (29), sem contar os 10 presos assassinados nesta segunda-feira.

Desta forma, nos 29 primeiros dias do mês foram pelo menos 417 assassinatos. A média diária nos 29 primeiros dias é de 14,3 casos por dia. O índice é superior à média diária de 2017, ano em que os homicídios bateram recorde no estado. No ano passado, foram assassinados 5.134 pessoas, média de 14 por dia.

A violência no Ceará teve um crescimento assustador no número de homicídios nos últimos 20 anos. O aumento de 1998 a 2017 foi de 545%, subindo de 941 assassinatos (média de 2,5 por dia) para 5.134.


Com Tribuna do Ceará

Nenhum comentário: