terça-feira, janeiro 16, 2018

Grupo de Eunício Oliveira deixa oposição a Camilo Santana

 Liderando a bancada de oposição ao governador Camilo Santana (PT), logo após a derrota do senador Eunício Oliveira (MDB) ao Palácio da Abolição, ainda em 2014, o MDB não mais se declara pertencente à ala opositora ao petista na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), três anos passados desde o racha do grupo.

O presidente estadual da legenda, Gaudêncio Lucena, reconhece que a chamada “parceria institucional” entre o governador e o presidente do Congresso Nacional “fez com que aquele discurso de oposição que vinha se caracterizando no partido, ao longo deste mandato, houvesse uma reversão”.

Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...