segunda-feira, dezembro 18, 2017

PREVIDÊNCIA: CANDIDATOS QUE SE OPÕEM OU ESTÃO MENTINDO OU VÃO QUEBRAR O PAÍS, DIZ MAIA

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia declarou que os candidatos que hoje se dizem contra a Reforma da Previdência, caso se elejam, ou estarão mentindo para o eleitor ou vão quebrar o país. “Quando o Estado quebra, e a gente já viu isso no passado, vem moratória, acaba investimento e vem hiperinflação. E quem paga a conta da inflação alta é o brasileiro mais pobre”, completa.

Segundo Maia, caso aprovada, a reforma reduzirá a taxa de desemprego no Brasil, que hoje é de 12%, para 8%. Além disso, a taxa básica de juros (Selic) poderá atingir os 6%.

“Sem reforma não há solução, crescimento e principalmente, se não for feita estaremos entregando nossos milhões de jovens, uma geração enorme, jogando tudo isso fora, porque o Estado não está dando a eles a igualdade de oportunidade. Queremos que o filho da família rica tenha os mesmos direitos de quem nasceu de uma família mais humilde”, disse ele.

A declaração foi feita no início da tarde da última sexta-feira (15), quando foi realizada a solenidade de filiação do deputado federal Danilo Forte ao Democratas. A cerimônia contou com presença de diversas lideranças do partido, incluindo o líder da legenda na Câmara, Efraim Filho, e o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...