quinta-feira, outubro 19, 2017

O OUTRO LADO: Internautas e testemunha rebatem versão de Luana Piovani.


Publicações feitas por Luana Piovani e Antônia Fontenelle em uma rede social, ganharam grande repercussão e estamparam a primeira página de jornais e portais de notícias, nesta quarta-feira (18). As celebridades criticavam a segurança em Jericoacoara, por conta de uma confusão envolvendo um grupo de amigos em comum. Entretanto, as publicações receberam inúmeros comentários negativos, criticando o posicionamento das artistas. Além disto, uma testemunha que estava na mesma festa onde o conflito aconteceu, rebateu a versão apresentada pelas celebridades. 

O cara [amigo de Piovani] foi ao banheiro e o Mukeka [apontado pela atriz como agressor] chegou para dar em cima da menina. Quando o namorado dela voltou, já chegou dando uma cotovelada e o Mukeka revidou com soco e as pessoas que estavam lá e conhecem ele também se envolveram”, disse a testemunha, que teve a identidade preservada.

Segundo a testemunha, Mukeka não sabia que a mulher namorava e por isto se aproximou. Como ele é conhecido, quem estava na festa se aproximou para o ajudar. 

Nas redes sociais de Piovani e Fontenelle, a postura das atrizes foi criticada. “Isso é egoísmo. Esse exagero é porque foi com os amigos delas… Jeri tem gente correta, hospitaleira, acolhedora, assim como tem no Rio e São Paulo. Você não concorda?”, comentou um seguidor, na página de Luana. “Já fui umas 200 vezes e nunca aconteceu nada comigo, assim como também nunca presenciei nada com ninguém.

 Sempre vejo policiamento sim e pelo que acompanhei nas redes sociais, não houve nada demais, a situação foi bem diferente do que foi exposto na mídia. Acho injusto fazer esse terrorismo em relação a um lugar incrível por um evento isolado, que ocorre em qualquer lugar do mundo. Jeri é maravilhoso, superseguro e um dos melhores lugares do mundo”, escreveu outro.





Nenhum comentário:

Destaque

De acordo com Data folha Nordeste é o obstáculo para a vitória de Bolsonaro no 1º turno

 Sem o Nordeste, Bolsonaro teria cerca de 34% das intenções de voto pelo Datafolha É a fidelidade a Lula (via Haddad) e a opção por Ciro...