segunda-feira, setembro 04, 2017

PMDB ACABA FICANDO COM APENAS UM DEPUTADO ESTADUAL NA ALCE

O deputado estadual Daniel Oliveira vai acabar ficando sozinho na Assembleia Legislativa cearense, representando o PMDB. O partido elegeu em 2014 seis deputados estaduais e três federais, na sombra da campanha do senador Eunício Oliveira, presidente estadual do partido e candidato a governador do Ceará naquele pleito.

Foram eleitos para a Assembleia em 2014, pela ordem de votação,os peemedebistas Agenor Neto, Daniel Oliveira, Silvana Oliveira, Carlomano Marques, Walter Cavalcante e Audic Mota. Walter Cavalcante foi o primeiro a deixar a agremiação. Ele não externou publicamente as razões da saída, mas, pouco antes de decidir que sairia perdeu o comando do diretório municipal do partido em Fortaleza.

Depois, renunciou ao mandato  para assumir a Prefeitura do Município de Pacatuba, Carlomano Marques, entrando no seu lugar o deputado Leonardo Araújo.

Na eleição da Mesa Diretora da Assembleia, em dezembro passado, os deputados Agenor Neto e Audic Mota decidiram apoiar o candidato do Governo à presidência do Legislativo estadual e, pouco tempo depois, foi a vez da deputada Silvana Oliveira apoiar, com os dois outros, a extinção do Tribunal de Contas dos Município, desatendendo orientação da agremiação.  Agenor, Audic e Silvana foram ameaçadas de expulsão por infidelidade. Na última semana o processo de expulsão foi tornado nulo, depois de ter causado um grande trauma.

Finalmente, o deputado Leonardo Araújo, por uma decisão do Supremo Tribunal Federal perdeu o mandato. É que a decisão judicial reconhece como válida uma candidatura (do Rochinha) que havia sido indeferida pelo TRE e os seus votos, sendo contados, faz o PMDB perder um vaga para a coligação que apoiou a candidatura de Camilo Santana.

Assim, Daniel Oliveira vai ser o líder dele próprio na Assembleia pois aqueles deputados ameaçados de expulsão já atendem orientação da liderança do Governo Camilo Santana, e ao menos por enquanto o PMDB ainda não é Governo no Ceará.

Quanto à bancada federal: o partido elegeu três deputados: Danilo Forte, Aníbal Gomes e Vitor Valim. Danilo saiu da agremiação há algum tempo.  Aníbal e Vitor Valim não escondem suas insatisfações com a agremiação.



(Por Edison Silva - Diário do Nordeste)

Nenhum comentário: