quarta-feira, setembro 20, 2017

Comandante do Exército: “O populismo é a desgraça da América do Sul”

Embora acredite que possa haver um “processo de depuração” em 2018, o comandante do Exército, o general Eduardo Villas Bôas, disse a Pedro Bial que está “com expectativas baixas para o cenário político no próximo pleito”.

Ele afirmou que não viu “surgir nenhuma base ou conjunto de pensamento que sirva de alternativa, que rompa com os modelos e esquemas já ultrapassados”.

Por enquanto, eu não vejo líderes capazes de estimular esse tipo de renovação.”

Villas Bôas definiu o “populismo como a desgraça da América do Sul”.




Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...