quinta-feira, agosto 31, 2017

PCdoB declara apoio à Coreia do Norte

 O PCdoB realizou em julho último o 14º encontro do partido. Na ocasião, não fugindo da tradição velha de guerra, declararam apoio ao baixote maluco e assassino da Coreia do Norte, Kim Jong-un.
Abaixo parte do que foi deliberado.

Em cinco países, onde vivem mais de 20% da população do planeta, partidos comunistas dirigem experiências de construção e de transição ao socialismo. 

China, Vietnã, Cuba, República Popular Democrática da Coreia e Laos, cada um com suas peculiaridades e com diferentes níveis de resultados, empenham-se na luta por uma nova sociedade, em meio a situações nacionais complexas e a um quadro mundial hostil. O seu fortalecimento como nações soberanas, os esforços que fazem os seus povos, sob a direção dos partidos comunistas dirigentes do Estado, para viabilizar as estratégias de desenvolvimento e a transição ao socialismo, as ações de cooperação internacional e em prol da paz, têm o apoio e a solidariedade do PCdoB.”

É difícil encontrar o termo mais apropriado para o caso.

Loucura pouca é bobagem.

Audic Mota propõe força tarefa para debater violência

O deputado estadual Audic Mota (PMDB), primeiro secretário da Assembleia Legislativa, defende que o Governo do Estado instale bloqueadores de sinal de telefonia celular nos presídios cearenses.

O parlamentar ressaltou que 2017 está sendo o ano mais violento da história do Ceará e é necessário uma força conjunta das bancadas estadual e federal para debater efetivamente a questão e encontrar medidas concretas que visem reverter o quadro de insegurança generalizada.


Créditos, inconteste


Nenhum comentário: