segunda-feira, julho 03, 2017

VEJA COMO CADA DEPUTADO CEARENSE SE POSICIONA SOBRE A DENÚNCIA CONTRA TEMER


A Folha de SP procurou os 513 deputados federais - nos últimos dias - para saber se irão ou não aceitar denúncia contra o Presidente Michel Temer (PMDB).
   
Cabe à Câmara dar o aval para que o Supremo Tribunal Federal (STF) possa aceitar a denúncia e abrir a ação penal. Nessa hipótese, Temer seria afastado por até 180 dias para ser julgado. Para isso, serão necessários os votos de no mínimo 342 deputados.



PELA ACEITAÇÃO DA DENÚNCIA

André Figueiredo (PDT)
Ariosto Holanda (PDT)
Chico Lopes (PCdoB)
José Guimarães (PT)
Leônidas Cristino (PDT)
Luizianne Lins (PT)
Odorico Monteiro (PSB)

CONTRA A ACEITAÇÃO DA DENÚNCIA

Aníbal Gomes (PMDB)

NÃO IRÃO SE PRONUNCIAR

Cabo Sabino (PR)
Moses Rodrigues (PMDB)

NÃO SABEM COMO VOTAR

Domingos Neto (PSD)
Gorete Pereira (PR)
José Airton Cirilo (PT)
Macedo (PP)
Vaidon Oliveira (DEM)

NÃO RESPONDERAM

Adail Carneiro (PP)
Danilo Forte (PSB)
Genecias Noronha (SD)
Paulo Henrique Lustosa (PP)
Raimundo Gomes de Matos (PSDB)
Ronaldo Martins (PRB)
Vitor Valim (DEM)


DEPUTADOS SERÃO EXPOSTOS À OPINIÃO PÚBLICA

Os deputados serão obrigados a anunciar no microfone se aceitam ou não a denúncia contra Michel Temer, como manda o regimento.

Pelo menos foi o que disse Rodrigo Maia a aliados, segundo o Radar.

Para Maia, a Câmara deveria, inclusive, cancelar o recesso para analisar a denúncia contra o presidente. Contudo, essa é uma decisão do plenário e o descanso, por enquanto, está mantido.”






Nenhum comentário: