segunda-feira, junho 19, 2017

Deputados mostram contradições do TCM

O TCM publicou uma lista com nomes de parlamentares cearenses que supostamente figuram na lista de ficha suja do Tribunal. Meia hora depois, parlamentares exibiram para  a imprensa certidões negativas emitidas pelo próprio TCM mostrando que os deputados estão limpos.

O deputado Heitor Férrer não perdeu tempo e criticou mais uma vez os conselheiros do tribunal por utilizarem politicamente o TCM. “Foi um tiro no pé”, disse Heitor.



TCM distribui relação de deputados com contas desaprovadas 

 

Alguns jornalistas receberam, nesse domingo (18), um material do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), com a relação de todos os deputados estaduais cearenses que tiveram contas de quando foram prefeitos, secretários municipais ou vereadores, rejeitadas por aquele Tribunal, atribuindo a eles, por terem sido punidos pelo TCM, a pretensão de extinguirem o órgão, com a tramitação de uma segunda Proposta de Emenda Constitucional (PEC), agora, dependendo de decisão judicial.

A primeira PEC aprovada em dezembro passado está suspensa por uma liminar da presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, estando o processo agora aguardando manifestação do ministro Celso de Melo, relator da mesma naquela Corte maior da Justiça brasileira.

O material distribuído pela assessoria do Tribunal de Contas, relaciona os deputados com contas rejeitadas, citando Agenor Neto, Antônio Granja, Audic Mota, Augusta Brito, Carlos Felipe, Elmano de Freitas, José Sarto, Jeová Mota, Manuel Duca, Manoel Santana, Robério Monteiro, Sineval Roque, Bethrose Fontenele, Tin Gomes, Odilon Aguiar, Rachel Marques, Sérgio Aguiar, Walter Cavalcante e Dedé Teixeira (este hoje é secretário estadual).




Com informações de Edison Silva / Diário do Nordeste

 

Nenhum comentário:

Destaque

Pesquisa BTG/FSB: Bolsonaro, 60% dos votos válidos; Haddad 40%; 76% avaliam que o capitão será o próximo presidente

81% dos eleitores disseram que com certeza irão votar, 10% provavelmente irão votar Veja os principais pontos da pesquisa BTG Pactual/...