terça-feira, maio 23, 2017

Opção Tasso ganha força dentro do Congresso para ser o substituto de Temer


A prisão nesta terça-feira (23) do assessor especial de Michel Temer, o ex-vice-governador do Distrito Federal, Tadeu Filipelli, e a entrega de R$500 mil da propina paga pela JBS ao deputado Rodrigo Rocha Loures fragilizou demais a permanência do presidente no Planalto.

Temer estaria discutindo com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, os termos de sua renúncia. Ele quer a garantia que não será preso. Cumprido esse compromisso, Temer topa entregar sua carta abdicando de continuar na Presidência da República.

A renúncia de Temer é dada como certa no Congresso. Hoje, o nome que mais ascende na preferência da classe política e dos empresários brasileiros é do presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati.

Nenhum comentário:

Destaque

SE HOUVER, CIRO ESTARÁ FORA DO SEGUNDO TURNO DE ACORDO COM PESQUISA ENCOMENDADA PELA GENIAL INVESTIMENTOS

A primeira pesquisa do dia foi encomendada pela Genial Investimentos, como informa O Antagonista. Jair Bolsonaro (PSL) lidera com 30% ...