sexta-feira, abril 07, 2017

Temer flexibilizará pontos da reforma da previdência, mas mantém idade mínima

 A polêmica reforma da previdência já começa a amolecer em alguns pontos. O blog ouvindo economistas da Globo News, afirmaram que ele mandou um projeto duro para justamente "queimar gordura" com deputados. A regra inicial era 65 anos como idade mínima para todos, mas diversos pontos já foram acordados.

Professores e policiais

O governo tinha tirado os 5 anos a menos tanto para homens quanto para mulheres, porém já recuou neste ponto. O diabo é que municípios e estados deverão criar legislações próprias sobre isso (para quem tem previdência própria). Mas o restante, obedece as regras federais. De qualquer forma, quem tiver idade menos que isso, deverá pagar o pedágio. 

Idade mínima

Eles inicialmente estabeleceram a idade mínima de 65 anos para todos, mas com uma "ponte" para quem já está no sistema, a partir dos 50 anos. Com o recuo, baixaram para 40 anos a ponte, onde a pessoa paga um pedágio de 50% sobre tempo restante de contribuição.

Trabalhadores rurais

Hoje a idade mínima é de 60 anos para homens e 55 para mulheres. O governo mandou que fosse a idade mínima de 65 anos tanto para homens quanto para mulheres, porém já admitiram mudar, principalmente para mulheres. Agora, que vão instituir uma contribuição mensal, coisa que hoje não existe. 

Nenhum comentário: