segunda-feira, fevereiro 20, 2017

CRATEÚS; QUEM É O PAI DO IML?


O deputado Carlos Felipe (PCdoB) criticou, da tribuna da Assembleia Legislativa, o fato de parlamentares se intitularem autores de determinadas obras, ignorando o trabalho de outros. “Muitas vezes, acontece nesta Casa. A gente trabalha toda uma vida em um projeto e, num determinado momento, alguém, porque relata uma lei de orçamento ou apresenta um requerimento, autoproclama-se responsável”, disse.


O parlamentar mencionou o caso do Instituto Médico Legal (IML), projeto pelo qual, segundo ele, muito lutou, desde 2007, para que se tornasse realidade no município de Crateús. Carlos Felipe mostrou fotos que revelam o empenho em todas as etapas da obra. “E depois, quando chega no momento de o governador definir a obra, todo mundo quer ser o pai. Todos pediram, tiveram sua participação, mas tem uma história que precisa ser mostrada com fotos, fatos e leis”, afirmou.


Com o blog do Roberto Moreira

Nenhum comentário:

Destaque

CID GOMES VAI AO TSE PARA IMPEDIR QUE BOLSONARO USE SEU DISCURSO NA TV

O senador eleito pelo PDT no Ceará,  Cid Gomes , recorreu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na noite desta terça-feira (16) contr...