segunda-feira, fevereiro 27, 2017

NOVO GOLPE DE WHATSAPP ATINGE 1,5 MILHÃO DE VÍTIMAS

 Uma mensagem que promete permitir acesso às conversas dos seus amigos no Whatsapp, ou às listas de contatos deles, tornou-se o golpe mais popular contra quem usa o aplicativo no Brasil. Desde dezembro, mais de 1,5 milhão de pessoas já clicaram no link – e perderam dinheiro.

O esquema funciona assim: o usuário recebe uma mensagem, como se fosse de um de seus amigos, que diz: “Clique aqui e saiba tudo o que seus amigos estão falando sobre você no Whatsapp”.

Quando a pessoa clica, aparece uma mensagem que solicita o acesso à sua lista de contatos – ao autorizar isso, ele não só repassa o link para toda a sua lista de contatos (multiplicando o alcance do golpe) como assina automaticamente um pacote que envia mensagens de texto – os temas do serviço podem ir de novelas a esporte. O desfalque é de 2,40 reais por clique. Ou seja, em tese, os criminosos já lucraram 3,6 milhões de reais.

Um levantamento feito pela ESET Brasil, uma empresa de segurança cibernética, revela que esse foi o golpe mais popular pelo Whatsapp, de uma lista de mais de trinta que foram monitorados nos últimos três meses.

E POR FALAR EM REFORMA DA PREVIDÊNCIA...

                                                                                                                                        
  

Brasil tem quase 13 milhões no bloco dos desempregados


A taxa de desocupados continua em alta e fechou o trimestre encerrado em janeiro em 12,6%, um crescimento de 0,8 ponto percentual em relação ao período de agosto a outubro do ano passado, quando estava em 11,8%. Com a alta do último trimestre, o país passou a contabilizar 12,9 milhões de desempregados.

Os dados, divulgados hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua. Esta é a maior taxa de desemprego da série histórica iniciada em 2012 e também o maior número de desempregados da história.





COMO A MULTIDÃO É CEGA!


Jamais vou entender este fenômeno chamado, Carnaval. Um povo sofrido, roubado, explorado, muitas vezes sem perspectivas, de uma hora pra outra, explode numa alegria sem motivo...sem limites, sem pudor. Homens que até sexta feira, trabalharam de terno e gravata, no sábado vão para as ruas, maquiados, vestidos de mulher, sutien por cima de peitos peludos, braços e pernas cabeludas, numa imitação grotesca e sem sentido do sexo feminino. Mulheres que se matam em trabalhos, muitas vezes degradantes e mal remunerados...sofrem nas filas de hospitais e creches, aparecem na passarela, cobertas de brilho e rebolando, como se não houvesse o amanhã.


Os canalhas no poder, adoram esta orgia sem sentido, porque pelo menos por alguns dias, o povo está olhando pro outro lado, enquanto eles continuam sugando cada gota de sangue e cada centavo que puderem roubar.


As ruas estão tomadas de foliões urrando de alegria...e eu me pergunto: VOCÊ ESTÁ ALEGRE PORQUÊ??? Sua vida melhorou de ontem pra hoje? Seu salário aumentou? Seu filho entrou numa boa escola? Se você cair de um trio elétrico e quebrar a cabeça, vão te levar para um bom hospital? Você terá água em casa, pra tomar banho, quando voltar da gandaia?


Então me explica...TÁ RINDO DE QUÊ???


Você irá pra rua com esta mesma vontade, pra protestar contra esta roubalheira absurda, que está destruindo nosso país? 

 
Por estas e outras que os governantes adoram Carnaval e eu jamais vou entender porque a grande maioria do nosso povo é tão alienada.

FELIZ CARNAVAL?!?!

AUTOR DESCONHECIDO

sexta-feira, fevereiro 24, 2017

Sindicância contra Major Sobreira é arquivada por falta de provas.

O Major Giovani Sobreira Gomes era acusado de crimes como tortura, agressão e corrupção, somando 14 ocorrências. Apenas uma delas foi comprovada, cujo crime prescreveu.

Uma sindicância contra um major da Polícia Militar suspeito de crimes como tortura, abuso de autoridade, denunciação caluniosa e corrupção foi arquivada. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira, 21. Ao major Giovani Sobreira Gomes eram atribuídos 14 crimes, ocorridos entre 2007 e 2008, quando ele era comandante da 2ª Companhia do 7º Batalhão da PM (2ª Cia/7º BPM), que atende cidades como Nova Russas, Ipu e Croatá, nos Sertões de Crateús.

Processo que corria na Justiça Militar sobre o caso já havia sido arquivado em janeiro de 2016, também por falta de provas, com consonância do Ministério Publico Estadual (MP-CE). O oficial havia sido denunciado em 2013 pelo MP por liderar uma quadrilha composta por policiais militares que praticaria os crimes.

 Dez testemunhos foram colhidos no Inquérito Policial Militar (IPM), presidido pelo então comandante do 7º BPM; nenhum sustentava as acusações, conforme consta no DOE nº 037, de 21 de fevereiro.

Dos crimes relatados, apenas um teve materialidade comprovada: agressão contra o filho de um sargento, em 2007, levando ao indiciamento do major Sobreira pelo artigo 217 do Código Penal Militar — "Se a injúria consiste em violência, ou outro ato que atinja a pessoa, e, por sua natureza ou pelo meio empregado, se considera aviltante". Exame de corpo delito constatou quatro escoriações por "instrumento contundente", mas o crime prescreve passados quatro anos. Na ocasião, ainda segundo as denúncias, o major, auxiliado por outros policiais, teria forjado flagrante para justificar detenção da vítima.

As denúncias chegaram ao Ministério Público por meio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e do Ministério Público Federal. Outras denúncias haviam sido feitas pessoalmente por moradores da região, divulgou o MP-CE na época.


O Povo Online

PREFEITURA DE PASSO FUNDO (RS), UTILIZA DINHEIRO QUE SERIA DESTINADO AO CARNAVAL DO MUNICÍPIO, À COMPRA DE AR-CONDICIONADOS PARA AS ESCOLAS PÚBLICAS

 Todo brasileiro adora Carnaval, mas gosta mais ainda de ter uma vida digna e ver seus impostos usados para isso.

Pensando nisso, Luciano Azevedo (PPS), prefeito de Passo Fundo (RS), resolveu pegar a verba de R$ 400 mil que seria destinada às escolas de samba no próximo Carnaval e investir tudo nas escolas municipais.

Com o dinheiro, ele instalou cerca de 400 ar-condicionados nas salas de aula das escolas de educação infantil.

Os moradores apoiaram 100% a iniciativa do prefeito, pois acreditam que é para isso que deve ser utilizado o dinheiro público, e não para carnaval de rua, que, na opinião deles, gera violência e desordem na cidade.

Segundo as autoridades, a tradição do carnaval na avenida principal não é o mesma há anos e continuar investindo o dinheiro do contribuinte nisso não faria mais sentido, pois agradava apenas uma minoria, o que mostra bastante sensatez em entender a real necessidade da população.

Os pais dos alunos beneficiados ficaram muito satisfeitos com a decisão.


Fonte: http://razoesparaacreditar.com/cidadania/prefeito-verba-carnaval-escolas/

DO BLOG DE FERNANDO RIBEIRO: Após morte de traficante do PCC em confronto com a PM, cidade de Paraipaba vive clima de terror com novo tiroteio, aulas suspensas e comércio fechado



Os traficantes invadiram a cidade neste carro. O objetivo era eliminar um bandido rival

Aulas nas escolas suspensas, parte do comércio fechado, população apavorada, reforço policial nas ruas. Este é o clima na cidade de Paraipaba (a 115Km de Fortaleza) na quinta-feira (16). A  situação de violência e medo coletivo teve início na tarde do dia 15, quando um traficante apontado como membro do PCC, e que comandava a venda de drogas na cidade, foi morto durante um tiroteio com a Polícia Militar.

O confronto ocorreu por volta das 17h30, em pleno Centro, quando um grupo de bandidos, liderado pelo traficante Carlos Augusto Correa Caetano, 26 anos, o “Carlinhos Bombado”,  entrou na cidade de Paraipaba a bordo de um veículo Voyage, branco, de placas  OSE-2265 (CE). O objetivo era eliminar um jovem que se divertia com amigos nas proximidades do ginásio de esportes. Quando começaram os primeiros tiros, a Polícia Militar apareceu.

Uma intensa troca de tiros ocorreu na principal avenida da cidade, causando pânico entre os moradores, comerciantes, funcionários do comércio, motoristas e transeuntes. Segundo testemunhas, mais de 30 estampidos foram ouvidos. Policiais à pé e em uma viatura perseguiram os criminosos até alcançá-los já no carro que eles iriam utilizar na fuga.

Morto

Na troca de tiros, “Carlinhos Bombado” acabou morrendo. Um dos comparsas dele, identificado como Antônio Eduardo da Silva Geraldo, 20 anos, foi atingido por dois tiros e acabou preso. Também foi capturado, ileso, Tiago Marques do Nascimento, 27 anos, que era foragido da Cadeia Pública de Paraipaba.

Com a morte do traficante que comandava a venda de drogas, surgiram na cidade boatos de que bandidos do seu grupo, ligado ao PCC, ameaçam novamente invadir aquela comunidade e executar policiais e desafetos ligados ao Comando Vermelho e que brigam pelo território da venda de entorpecentes.

Ainda durante a noite, pelo menos, dois ônibus que faziam o transporte de estudantes, foram atingidos a pedradas na entrada da cidade e bandidos ameaçaram incendiá-los. Nas redes sociais surgiu um áudio  em que um irmão do traficante promete vingança e ameaça matar policiais por conta da morte de “Carlinhos”.

Já na manhã o dia m16, um novo tiroteio ocorreu no bairro Cacimbão, um dos principais redutos do tráfico na cidade. A Polícia Militar enviou reforços de companhias de cidades próximas, como Paracuru e Itapipoca. Equipes da Força Tática de Apoio (FTA), do Batalhão Raio e do 11º BPM (Itapipoca) estão em Paraipaba tentando localizar outros traficantes e restaurar a paz.

Prefeito é chantageado por criminosos, deixa a cidade e ameaça renunciar



O prefeito do Município de São João do Jaguaribe (a 220Km de Fortaleza), Acácio Chaves, deixou a cidade nesta quinta-feira (23) e pode renunciar ao cargo logo após o feriadão do Carnaval. Motivo: está sendo chantageado e ameaçado de morte por bandidos daquela região.


Segundo informações que circulam na cidade, além do prefeito, as ameaças e chantagens já atingiram várias pessoas dali, entre comerciantes, empresários e até simples aposentados. 

Criminosos, ainda não identificados, estariam exigindo quantias que chegam a até R$ 15 mil.
A mais recente investida dos bandidos foi o prefeito, que teria decidido de afastar das atividades temporariamente temendo por sua vida e a de sua família.  A Polícia já estaria investigando o caso.


Com informações do jornalista Fernando Ribeiro

Ministério Público pede a suspensão do investimento de R$ 1,2 mi no Carnaval de Aracati



 O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal de Aracati, solicitou nesta quinta-feira (23) à Justiça que a Prefeitura Municipal não aplique recursos públicos para realização de festas durante o Carnaval.

Segundo o MP, Aracati é mais uma das cidades cearenses que publicou decreto de emergência em virtude de dificuldades financeiras, e planeja investir 1,2 milhão de reais, dos cofres municipais, na realização de shows carnavalescos.

A Promotoria de Justiça chama atenção ainda para a situação de atraso no pagamento dos salários dos servidores públicos e da possibilidade de fechamento do hospital municipal em face de dívidas.


Com o Ceará News 7

Destaque

De acordo com Data folha Nordeste é o obstáculo para a vitória de Bolsonaro no 1º turno

 Sem o Nordeste, Bolsonaro teria cerca de 34% das intenções de voto pelo Datafolha É a fidelidade a Lula (via Haddad) e a opção por Ciro...