segunda-feira, janeiro 23, 2017

Mesmo citado na Operação Lava Jato, Eunício deve ser eleito presidente do Senado, diz Folha

 O peemedebista Eunício Oliveira deve ser eleito presidente do Senado no próximo dia 1º, com tranquilidade, segundo informa a Folha de São Paulo, em reportagem na edição desta segunda-feira. A Folha diz que Eunício está certo da vitória, mesmo citado em delações da Operação Lava Jato acusado de receber R$ 2,1 milhões da Odebrecht em troca da aprovação de uma medida provisória.

De acordo com a reportagem, Eunício avaliava que apenas a Lava Jato poderia prejudicar sua candidatura. Com a morte do ministro Teori Zavascki, que era relator, diminui assim o risco de divulgação de informações que poderia atrapalhar seus objetivos.

Eunício tem negociado uma mesa eclética que abriria espaços para mais dois senadores cearenses: Tasso Jereissati que, em nome do PSDB, poderia ocupar a primeira vice-presidência, e José Pimentel (PT), que emplacaria a primeira-secretaria da Casa.

Nenhum comentário: