quinta-feira, outubro 06, 2016

População protesta e vereadores de Quixeramobim desistem de aumentar próprios salários



 Moradores do município de Quixeramobim protestaram contra a decisão da Câmara Municipal em aumentar os salários dos vereadores de R$ 6 para R$ 8 mil. Na sessão desta quarta-feira (6), pressionados com a presença de moradores, os parlamentares voltaram atrás e desistiram do aumento de R$ 2 mil nos próprios salários.

A mudança iria gerar um custo adicional de R$ 120 mil no orçamento da Casa. A sessão chegou a ser interrompida para que representantes da população pudessem opinar sobre a proposta aprovada na semana passada. Todos se posicionaram contra o aumento dos salários.

O presidente da Câmara, Everardo Júnior, justificou que a decisão do aumento foi acordada por todos os parlamentares. "Por lei, esta legislatura é que deve aprovar ou desaprovar o reajuste, pois, a gestão que vai se instalar não pode estabelecer aumento em favor próprio", ressaltou.


 Com Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Destaque

Ararendá: a pedido do MPCE, Justiça determina afastamento e indisponibilidade de bens do secretário de Educação

 A Vara Única da Comarca de Ararendá determinou o afastamento e a indisponibilidade de bens no valor de R$ 539.856,90 do secretário de ...