sexta-feira, outubro 28, 2016

Onças pardas aparecem na Reserva Serra das Almas em Crateús.

 Três felinos de grande porte foram observados recentemente na Reserva Natural Serra das Almas (RNSA), neste Município do Ceará. A Unidade de Conservação (UC) é administrada pela Associação Caatinga. Os pesquisadores Marina Zanin, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); e Clotilde Estrada e Francisco Palomares, da Estação Biológica de Doñana, na Espanha, descobriram em suas pesquisas exploratórias que três onças pardas (Puma concolor), um macho e duas fêmeas, vivem na reserva.

A pesquisa tem por objetivo conhecer o comportamento das onças pardas. O trabalho de campo começou no segundo semestre de 2015. As visitas tiveram por objetivo coletar fezes dos animais, que foram analisadas em laboratórios na Espanha. A continuidade do estudo pode mostrar um número ainda maior de felinos. 

Além da onça parda, jaguatiricas e gatos maracajá e mourisco também foram identificados.

Os pesquisadores estiveram no Ceará entre os dias 28 de setembro e 2 de outubro. O trabalho foi considerado oportuno, com bons resultados. O esforço do grupo é para manter a unidade preservada, longe de caçadores. Infelizmente, muito moradores mantêm o hábito da caça, praticam a atividade como algo comum e regular, contribuindo para eliminar espécies nativas.

A Associação Caatinga é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) voltada à proteção do único bioma originalmente brasileiro, a Caatinga. Fundada em 1998, mantém a Reserva no sertão de Crateús, a 400Km de Fortaleza.


Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...