quarta-feira, outubro 19, 2016

Mesmo com protestos, Câmara de Barbalha aprova aumento dos subsídios do vereadores, prefeito e vice-prefeito


Mesmo com muitos protestos, a Câmara Municipal de Barbalha votou nesta última segunda-feira (17-10-2016), a regulamentação dos subsídios para os vereadores, prefeito e vice-prefeito a partir de janeiro de 2017. A votação foi acompanhada de dezenas de barbalhenses contrários ao aumento de até quase 100% dos vencimentos. Mas de nada adiantou, pois os vereadores aprovaram o reajuste, que por sinal, é previsto em lei constitucional, uma vez que os subsídios são votados de quatro em quatro anos.

Atualmente, cada vereador  recebe R$ 6.900,00 e salário pode ultrapassar os R$ 10 mil. Segundo o atual presidente da casa, vereador Daniel Cordeiro, dificilmente esse teto será pago, pois não há recurso disponível. “A cada ano o repasse do duodécimo está diminuindo. Hoje mal se paga a todos.

Essa votação é uma obrigação. Tínhamos que votar antes das eleições por imposição do TCM e acredito que pelo menos em 2017 não haverá condições de aumentar o subsídio”, disse o presidente do legislativo barbalhense.


Diário do Cariri

Nenhum comentário:

Destaque

CID GOMES VAI AO TSE PARA IMPEDIR QUE BOLSONARO USE SEU DISCURSO NA TV

O senador eleito pelo PDT no Ceará,  Cid Gomes , recorreu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na noite desta terça-feira (16) contr...