quinta-feira, julho 14, 2016

Maia (DEM) é eleito Presidente da Câmara dos Deputados

 Maia prevaleceu sobre Rosso no segundo turno. A diferença de votos impressionou a todos: 285 a 170. O placar estava crivado de ironias. Idealizado por Cunha, o grupo dinheirista batizado de centrão, que deveria apoiar Rosso, dividiu-se. Pedaços do PR e do PP caíram no colo de Maia. 

Os órfãos de Dilma —PT, PDT e PCdoB—, a pretexto de evitar o triunfo de um aliado de Cunha, também engordaram o cesto de votos de Maia, que já havia atraído os parceiros da ex-oposição: PSDB, PPS e PSB.

Generalizou-se entre os partidários de Maia o entendimento segundo o qual o centrão, herança maldita de Cunha, está com os dias contados.

Nenhum comentário:

Destaque

Pesquisa BTG/FSB: Bolsonaro, 60% dos votos válidos; Haddad 40%; 76% avaliam que o capitão será o próximo presidente

81% dos eleitores disseram que com certeza irão votar, 10% provavelmente irão votar Veja os principais pontos da pesquisa BTG Pactual/...