segunda-feira, julho 18, 2016

Eleição da Câmara em 2001 Sérgio Machado entrega nomes de 50 deputados beneficiados para votar em Aécio Neves



 A Procuradoria Geral da República (PGR) deve receber nos próximos dias novos trechos da delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. No documento constarão os nomes de 50 deputados para quem ele garantiu ter arrecadado em 1998. Na época, o objetivo era ajudar na eleição de Aécio Neves à Presidência da Câmara, em 2001.

Segundo Machado, ele, Aécio e Teotônio Vilela (presidente do PSDB à época) teriam arrecadado cerca de R$ 7 milhões (R$ 19,4 milhões em valores atualizados e corrigidos pelo IPCA). Os recursos teriam sido utilizados para bancar a campanha de pelo menos 50 deputados e formar uma base majoritária para eleger Aécio para a Presidência da Câmara.

Na delação, o ex-presidente da Transpetro relata que R$ 4 milhões do total obtido vieram da campanha de reeleição de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), então presidente da República, em 1998. O restante teria saído de empresas.

A informação está publicada na coluna de Lauro Jardim, na edição deste domingo (17) do jornal O Globo.

Nenhum comentário: