quinta-feira, abril 21, 2016

COMISSÃO TEM TRÊS VOTOS ALÉM DO QUE O NECESSÁRIO PARA APROVAR IMPEACHMENT



No dia em que os partidos indicaram os nomes dos parlamentares que vão formar a comissão especial do impeachment no Senado, a oposição formou, ao menos, 14 votos a favor do impedimento da presidente Dilma Rousseff, três a mais do que é necessário para a aprovação do relatório, segundo levantamento do GLOBO. Apenas cinco dos indicados se posicionaram de forma contrária. Dois senadores não opinaram.

Segundo O Globo, o 15º nome deve ser o do senador Raimundo Lira (PMDB-PB), que foi indicado à presidência da comissão e se declarou indeciso. Antes, ele havia dito que votaria a favor. Já o governo conta com os quatro votos do bloco formado por PT e PDT. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) também votará contra. (Veja abaixo como votam os senadores da comissão).

O senador Wellington Fagundes (PR-MT) ainda não se manifestou. O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) tinha declarado voto a favor, mas, como foi escolhido pelo PMDB para presidir o colegiado, pediu para que fosse colocado como voto não declarado.


Nenhum comentário: