quinta-feira, março 17, 2016

Sérgio Moro quebra sigilo telefônico de Lula e divulga conversa entre ministro e Dilma

 O juiz Sérgio Moro retirou, nesta quarta-feira (16), o sigilo de interceptações telefônicas do ex-presidente Lula e divulgou uma gravação entre o petista e a presidente Dilma Rousseff (PT) ocorrida nesta madrugada.

Na conversa, Dilma diz enviar, através do "Bessias", o "papel" para usar apenas em "caso de necessidade". O documento mencionado por Dilma é o termo de posse de Lula como ministro, podendo contar com fórum privilegiado.

Moro afirma que, “pelo teor dos diálogos degravados, constata-se que o ex-Presidente já sabia ou pelo menos desconfiava de que estaria sendo interceptado pela Polícia Federal, comprometendo a espontaneidade e a credibilidade de diversos dos diálogos”.

O juiz diz que alguns diálogos sugerem que Lula já sabia das buscas feitas pela 24ª fase da Operação Lava Jato no início do mês.

Confira o diálogo com Dilma
- Dilma: Alô
- Lula: Alô
- Dilma: Lula, deixa eu te falar uma coisa.
- Lula: Fala, querida. Ahn
- Dilma: Seguinte, eu tô mandando o 'Bessias' junto com o papel pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse, tá?!
- Lula: Uhum. Tá bom, tá bom.
- Dilma: Só isso, você espera aí que ele tá indo aí.
- Lula: Tá bom, eu tô aqui, fico aguardando.
- Dilma: Tá?!
- Lula: Tá bom.
- Dilma: Tchau.
- Lula: Tchau, querida.

Nenhum comentário: