segunda-feira, março 28, 2016

Semana Santa violenta no Ceará deixou 60 mortos em assassinatos e acidentes de trânsito


O fim de semana prolongado da Semana Santa, iniciado na última quinta-feira (24) e finalizado no começo da madrugada desta segunda (28),  foi marcado pela violência no Ceará. Novamente o Estado apresentou altos índices de criminalidade no período religioso mais prolongado do ano. O balanço parcial aponta, neste momento, pelo menos 60 mortes.

No total, foram registrados 50 casos de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, os chamados Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLI). Além disso, 10 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito que incluíram atropelamentos, capotamentos, tombamentos e quedas de veículos.

Dos 50 casos de assassinatos, 11 ocorreram na Capital, 16 na Região Metropolitana de Fortaleza, e mais 23 no Interior do Estado, sendo 12 no Interior Norte e 11 no Interior Sul.

Entre as vítimas dos assassinatos figuram cinco mulheres, todas mortas no Interior do Estado. Em Limoeiro do Norte (163Km de Fortaleza), mãe e filha foram executadas, a tiros, dentro de casa. Eram Maria Lirete Costa Mendes, 67 anos; e Maria Helena Costa Mendes, 37.

No distrito de Jacampari, no Município de Boa Viagem (217Km da Capital), a professora Jane Eyre Marinho Bezerra, 30 anos, foi assassinada a tiros pelo ex-marido, que está foragido.

Durante um assalto a uma residência na localidade de Vila Cruzeta, na zona rural do Município de Independência (309Km de Fortaleza),  a agricultora Maria do Socorro Cabral de Sousa, 62 anos, foi morta com um  tiro no rosto no momento em que um bandido rendia o casal.


Via Cearánews7

Nenhum comentário:

Destaque

RÁDIO. O veículo "sem fio" espera bater recorde domingo

O rádio espera repetir no domingo, dia 28, os picos de audiência registrados durante o domingo de eleições do primeiro turno em todo...