sexta-feira, janeiro 15, 2016

Filho que matou o pai em Aiuaba, é preso no município de Arneiroz.

A Polícia Militar de Arneiroz, prendeu na manhã desta quinta-feira (14), o agricultor Antônio Ademir Castro Rufino, 44 anos, que no início da manhã da quarta-feira (13), assassinou o próprio pai, o também agricultor, José Rufino Sobrinho, 73 anos, fato acontecido no Sítio Troncos, na localidade de Mirador, na Zona Rural de Aiuaba.

O autor do crime foi preso nesta manhã quando entrava na cidade de Arneiroz, pela equipe comandada pelo Sub Tenente Laurindo, que já estava de prontidão, ao ser avisada de que o autor do homicídio se dirigia para aquela cidade. Ao receber voz de prisão, Ademir Rufino, mostrou-se bastante arrependido, e disse que não havia premeditado a morte do genitor, “foi uma coisa de momento”, afirmou o mesmo bastante choroso ao conversar com a imprensa.

O CRIME

Segundo revelou, o crime ocorreu por motivo de uma disputa de terras, fato que já há algum tempo vinha provocando atrito entre ambos. Na manhã de ontem, movido pelo sentimento de raiva contra o pai, Ademir se armou com uma espingarda e no momento em que o ancião saía do curral após a ordenha das vacas, investiu contra o mesmo que foi atingido com um tiro nas mãos. Mesmo ferido, José Rufino ainda tentou fugir do local, mas foi novamente alvejado, desta vez com um tiro nas costas. Antes de fugir, Ademir ainda recarregou a arma e desferiu mais um tiro que atingiu o peito esquerdo da vítima, que morreu no terreiro da casa onde morava.

Após matar o pai e correr atrás da mãe, Ademir fugiu em uma moto levando a espingarda calibre 32, que foram encontrados abandonados no início da tarde de ontem (13). “Ele diz que estava sendo ameaçado, mas neste caso não agiu em legítima defesa, pois se o pai já estava correndo tentando escapar da morte, que perigo oferecia para o agressor”, indagou o Sargento Bandeira, chefe do destacamento de polícia Militar do Município de Aiuaba, que coordenou as diligências.

 
(Repórter: Lindon Johnson)

Nenhum comentário: