Pular para o conteúdo principal

CEARÁ TERÁ 76 NOVOS JUÍZES EM FEVEREIRO

 Dois mil e dezesseis começa com boa notícia para o Judiciário cearense. Os candidatos aprovados em concurso público de juiz substituto em 2014 já têm data para assumirem os cargos. Eles serão empossados no dia 25 de fevereiro, durante sessão do Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

A solenidade ocorrerá no Palácio da Justiça, no bairro Cambeba, em Fortaleza. A data consta em edital publicado no Diário da Justiça (DJ) de ontem (14/1). Todos os 76 magistrados atuarão na Entrância Inicial do Judiciário. Isso significa dizer que eles trabalharão em cidades de pequeno porte.

Antes da posse, porém, os aprovados devem cumprir duas etapas obrigatórias do edital. A primeira ocorre entre hoje e 28 de janeiro, quando eles precisarão entregar documentação à Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do TJCE. Pedidos ou ratificações de pedidos para figuração no final da lista classificatória só podem ser feitos entre 15 e 21 de janeiro.

A segunda fase está datada para 12 de fevereiro, logo após o Carnaval, e visa a escolha da cidade onde cada aprovado pretende atuar. A sessão pública ocorrerá às 10 horas, no Auditório Dom Aluísio Lorscheider, localizado no subsolo do TJCE. A classificação final do candidato definirá a sequência de escolha da comarca.

Para a presidente do Tribunal, desembargadora Iracema Vale, a chegada dos 76 juízes marca um novo momento do Judiciário. “Nós estamos trabalhando arduamente para tornarmos a Justiça mais célere e próxima da população. A posse desses colegas é, portanto, um sinal claro do quão melhores serão os nossos trabalhos, já que mais e mais cearenses estarão amparados pela lei.”

A posse dos 76 magistrados na Entrância Inicial integra uma série de ações da atual administração do TJCE para aproximar o Judiciário da população e capilarizar ainda mais a atuação da Justiça Estadual.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reforma trabalhista: saiba o que muda e quais profissões serão afetadas

Em vigor a partir deste sábado (11), a reforma trabalhista traz regras que alteram a legislação atual e novas definições sobre pontos como férias, jornada de trabalho e a relação com sindicatos das categorias. Ao todo, foram alterados mais de 100 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e criadas duas modalidades de contratação: trabalho intermitente (por jornada ou hora de serviço) e a do teletrabalho, chamado home office (trabalho à distância).
A nova legislação trabalhista se aplica a todas as categorias regidas pela CLT e também àquelas que dispõem de legislações específicas – como trabalhadores domésticos, atletas profissionais, aeronautas, artistas, advogados e médicos – no que for pertinente. As novas regras não afetam trabalhadores autônomos e servidores públicos estatutários, por não estarem vinculados à CLT.
Pelas características das atividades desempenhadas, alguns setores tendem a ser mais atingidos pelas novas normas. Quem trabalha em empresas de tecnologias e sta…

Ex-vereador de Nova Russas José Roberto deixa a cadeia por determinação judicial

O ex-vereador estava preso desde o dia 21 de novembro do ano passado, suspeito de planejar junto com outras 4 pessoas, assalto a carro-forte no estado do Ceará. Hoje por meio de alvará de soltura a Juíza de Guaraciaba do Norte, Drª. Juliana Bragança Fernandes Lopes, determinou que Zé Roberto responda o processo em liberdade


Blog do Max Weber

Estado patrão e explorador

As eleições nacionais se avizinham. Ninguém sabe ao certo qual será a pauta que vai centralizar as atenções dos candidatos. Porém, é possível antecipar uma certeza: a maioria vai prometer mundos e fundos com um Estado tentacular, patrão, interventor e paternalista. Mais do mesmo que foi oferecido ao povo brasileiro ao longo de praticamente toda a história republicana nacional. Com sorte, pode aparecer um ou outro concorrente que não vai propor fórmulas milagrosas, mas sim a mais óbvia promessa para combater os vícios estatais e estabelecer as virtudes das liberdades econômicas.
No caso, desestatizar o País e a nossa política que, como de resto, é dependente do Estado. Não será preciso dizer muito. Basta mostrar o País que temos hoje após décadas e décadas de Estado interventor e baixo nível de liberdade econômica.
Sim, a pobreza no Brasil e a concentração de renda se relacionam muito mais com a intervenção do Estado na economia do que com razões supostamente estruturais. Puxemos dos arq…

Como a crítica de um global faz bem… Jericoacoara ganha 40 policiais para policiamento

A Vila de Jericoacoara tinha tudo pra ser o local mais tranquilo do mundo. A aldeia e visitada por turistas de todo o planeta que veem em busca de paz, lazer e aproveitar as belas praias, dunas e lagoas, além do sol. As ocorrências policiais registradas com marcas de violência e motes, o abundante tráfico e consumo de drogas, ameaçam os visitantes.

O governo do Ceará decidiu intervir. Escalou um comando militar com destacamento de 40 homens para atuar na vila e vai instalar uma delegacia. Não seria necessário se a comunidade lutasse pela preservação e denuncia-se os marginais que querem estragar um paraíso global.

Prefeito de Ararendá foi duramente criticado por vereadores governistas de Ipueiras

O Prefeito do Ararendá, Aristeu, recebeu fortes críticas por parte dos vereadores da bancada de situação de Ipueiras na sessão da Câmara Municipal do dia 09-11-2017.
O vereador Antônio Dandão reclamou a forma como os ipueirenses são maltratados no Hospital de Ararendá. De acordo com Dandão o Prefeito de Ararendá tem memória curta e não se lembra que quando foi para ele se eleger o Hospital de Ipueiras recebia 'carradas' de gente do Ararendá para ser atendidos.
"O Prefeito Aristeu anda matriculando os alunos de Ipueiras no Ararendá que é para aumentar o repasse" afirmou o Líder do Prefeito de Ipueiras.
O Vereador Gonçalinho do Livramento chegou a se pronunciar dizendo que ele mesmo era quem trazia o povo do Ararendá para ser consultado em Ipueiras e lamentou o fato de o Prefeito Aristeu está se comportando de tal maneira.


Gazeta de Ipueiras