sexta-feira, novembro 20, 2015

VEJA, QUANTO CADA PREFEITO da REGIÃO dos SERTÕES de CRATEÚS, GASTOU com PESSOAL no 2°QUADRIMESTRE de 2015, de ACORDO com a LRF, CONFORME DADOS OFICIAIS do TCM-CE


LRF - LEI da RESPONSABILIDADE FISCAL e os GASTOS com PESSOAL.

VEJA o PERCENTUAL com DESPESA PESSOAL GASTO pela GESTÃO dos PREFEITOS da Região dos SERTÕES de CRATEÚS, o LIMITE permitido pela LRF é no máximo de 54%, no 2°QUADRIMESTRE de 2015.

*INDEPENDÊNCIA gastou 65,8% (situação GRAVE)

*NOVA RUSSAS gastou 63,3% (situação GRAVE)

*TAMBORIL gastou 57,4% (situação GRAVE)

*MONSENHOR TABOSA gastou 53,4 (situação PRUDENCIAL)

*CRATEÚS gastou 52,8% (situação PRUDENCIAL)

*PORANGA gastou 51,8% (situação PRUDENCIAL)

*CATUNDA gastou 51,6% (situação PRUDENCIAL)

*NOVO ORIENTE gastou 50,1% (situação ALERTA)


*IPUEIRAS gastou 48,1% (situação REGULAR)
*ARARENDA gastou 46,5% (situação REGULAR)
*IPAPORANGA gastou 43,7% (situação REGULAR).

O TCM com certeza, fará notificações oficiais, aos prefeitos: VALTERLIN de Independência, GONÇALO de Nova Russas e RAMIRO de Tamboril, por terem ultrapassado o LIMITE de 54% com gastos com PESSOAL em relação a RECEITA CORRENTE LÍQUIDA, serão OBRIGADOS pela LRF a reduzirem GASTOS com PESSOAL no 3°QUADRIMESTRE de 2015, ou serão penalizados, conforme determina a LRF.

Facebook do prof. Arquimedes Marques


HABILITAÇÃO PARA CINQUENTINHAS VOLTA A SER EXIGIDA APÓS QUEDA DE LIMINAR



O Tribunal Regional Federal da 5ª Região derrubou a liminar que suspendia a obrigatoriedade de habilitação para condutores das ‘cinquentinhas’ em todo o território nacional. Com isso, a Resolução nº 168/04 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que exige a carteira de motorista para os condutores dos ciclomotores, entre outros documentos, volta a valer. O caso ainda vai ser julgado pela 5ª Vara Federal em Pernambuco, em data ainda não definida, informou nesta quinta (18) a Justiça Federal.

O desembargador Carlos Wagner Dias Ferreira entendeu que “não parece razoável a interferência do Judiciário nestes critérios técnicos, que estabelece a maneira como se fornecerá a ACC pelos órgãos estaduais de trânsito, notadamente quando já se passaram mais de 10 (dez) anos desde a edição da Resolução 168 do CONTRAN”. Ferreira afirmou ainda, em sua decisão, que “somente com as restrições impostas pela regulamentação e consequente fiscalização, alcançar-se-á a tão sonhada redução das estatísticas de acidentes, o que reverterá em benefício da saúde e da integridade física dos próprios condutores dos ciclomotores”.


ENERGIA ELÉTRICA TEM O MAIOR PESO NO ORÇAMENTO DO CONSUMIDOR



O gasto com energia elétrica foi o que mais pesou no orçamento do brasileiro neste ano de dificuldades econômicas, de acordo com pesquisa de alcance nacional realizada pela Boa Vista SCPC. Para 37% dos entrevistados, a conta de luz foi a que teve maior impacto no bolso, seguida pelas despesas com alimentação, apontadas por 24%.

Outros gastos que pesaram este ano, revela o levantamento da Boa Vista SCPC, foram os realizados com combustível, moradia, aluguel e condomínio, todos com fatia de 7% entre os pesquisados.


Via Sobral de prima

Nenhum comentário: