segunda-feira, outubro 19, 2015

Nova Russas e 11 municípios investigados por tomada de contas especial pela secretaria das cidades

SECRETÁRIO DE CIDADES - LÚCIO GOMES
 Com suspeitas de irregularidades em contratos e convênios, a Secretaria de Cidades instaurou Tomada de Contas Especial contra 12 prefeituras do Estado: Marco, Nova Russas, Icapuí, Novo Oriente, Hidrolândia, Missão Velha, Martinópole, Jaguaretama, Mulungu, Canindé, Aratuba e Caucaia.  O ato foi publicado no último Diário Oficial do Estado, do dia 16.

Foram duas tomadas de contas contra Nova Russas, além de uma para apurar convênio com o Centro de Estudos, Articulação e Referência sobre Assentamentos Humanos (CEARÁH PERIFERIA), localizado em Fortaleza.

Há ainda uma Tomada de Contas para analisar concessão do suprimento de fundos ao servidor Tarcísio Rodrigues de Freitas.

Ontem, o Diário do Nordeste publicou que 29 prefeituras estão com convênios inadimplentes com o Estado devido a problemas na prestação de contas. Contemplados nessa lista, os municípios de Canindé e Missão Velha estão também entre os que serão analisados pela Tomada de Contas Especial.

O problema se arrasta desde junho, quando o então secretário das Cidades, Ivo Gomes, lamentou que não conseguia repassar R$ 8 milhões para 131 municípios por conta de impedimentos causados por irregularidades.

MATÉRIA RELACIONADA:

**** Diário do Nordeste - Coluna de Edison Silva

Nenhum comentário:

Destaque

Ararendá: a pedido do MPCE, Justiça determina afastamento e indisponibilidade de bens do secretário de Educação

 A Vara Única da Comarca de Ararendá determinou o afastamento e a indisponibilidade de bens no valor de R$ 539.856,90 do secretário de ...