sexta-feira, outubro 30, 2015

MAIS UMA CATEGORIA DE TRABALHADORES DECIDE PELA GREVE. AGORA POLICIAS CIVIS RESOLVEM PARAR ATIVIDADES




Cerca de 500 policiais civis decidiram pelo estado de greve durante Assembleia Geral realizada na sede anexo do Sinpol/CE, na noite desta quinta-feira (29). Antes do encontro com a categoria, os diretores da entidade estiveram reunidos com representantes do Governo que, na ocasião, expuseram alguns números do estado. Para o Presidente Gustavo Simplício, mais um passo foi dado, agora precisamos da efetivação da promessa do governador.

Baseado nisso, os diretores do Sinpol/CE propuseram um prazo até a primeira semana de dezembro para que o Governador cumpra a promessa de campanha, quando assinou uma carta compromisso garantindo a restruturação salarial dos agentes que continuam recebendo a remuneração de nível médio, mas que deveria ser de nível superior.

Atualmente, são 2.440 policiais civis lotados nas delegacias cearenses, número defasado. E a situação tende a piorar, pois, sem um trabalho de valorização do efetivo, as taxas de evasão da categoria tendem a agravar. O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará lembra que no início do ano a instituição tinha um número de 2.600 policiais, porém, nesse período de negociação com o Executivo, o sindicato registrou 160 pedidos de exoneração. “O principal motivo para essa evasão dos policiais civis é o baixo salário”, declarou o Presidente do Sinpol/CE, Gustavo Simplício.

(Sinpol/CE)

Nenhum comentário:

Destaque

Cheiro de vitória no primeiro turno

Fernando Haddad, dois anos atrás, foi derrotado no primeiro turno. Jair Bolsonaro, diz Merval Pereira, quer repetir a dose: “ Co...