sexta-feira, outubro 09, 2015

Crime. Acusados de furtar energia elétrica são presos em Crateús




Pelo menos, 17 pessoas foram presas em flagrante na cidade de Crateús (a 345Km de3 Fortaleza) acusadas de praticar furto de energia elétrica, o conhecido “gato”. As prisões aconteceram durante uma operação desencadeada pela Polícia Civil, Polçicia Militar e Perícia Forense (Pefoce).

A ação policial aconteceu após a Companhia Energética do Ceará (Coelce) fazer uma representação criminal na Delegacia Regional de Crateús, após suas equipes técnicas terem descoberto uma grande quantidade de ligações clandestina no sistema de distribuição de energia elétrica naquela cidade da região dos Sertões de Crateús.

As ligações ilegais eram mais comuns nos bairros dos Venâncios, São José e Cidade Nova. Com base na queixa, a Polícia iniciou investigações e, ontem, com a ajuda da Perícia, foi até os locais e fez o flagrante. Entre os 13 presos estão, Antônio Bezerra Guarim, José Borges da Silva e Faustino Marques de Almeida Neto, que foram apanhados em flagrante.

Os acusados do furto de energia foram encaminhados à sede da Regional e autuados em flagrante e somente liberados após o pagamento de fiança.

A Polícia informou que a operação não acabou e que nas próximas horas o número de prisões deve aumentar, visto que os casos relatados pela empresa são muitos.

Riscos

Além de se constituir em crime, a ligação clandestina à rede de energia elétrica, o “gato” traz sérios riscos de morte para quem tenta fazer as ligações. Em Fortaleza vários casos de óbitos são registrados em decorrência de tal prática ilegal.

Fonte: Ceará News 7

Nenhum comentário: