segunda-feira, outubro 19, 2015

CID CHAMA VICE PRESIDENTE MICHEL TEMER DE "CHEFE DE QUADRILHA"



O ex-ministro da Educação e ex-governador do Ceará Cid Gomes assinou neste sábado, em Fortaleza, ficha de filiação ao PDT. Durante a cerimônia, realizada no Ginásio do Náutico Atlético Cearense, Gomes acusou o vice-presidente da República, Michel Temer, de ser o chefe da quadrilha de achacadores que assola o Brasil. E disse que o país não irá avançar com o PMDB na presidência. "Se as coisas estão ruins hoje, não é voltando ao passado com uma oposição conservadora e golpista que iremos melhorar", disse.

"Muito menos o Brasil pode avançar se entregar a Presidência da República ao símbolo do que há de mais fisiológico e podre na política brasileira, que é o PMDB liderado por Michel Temer, chefe dessa quadrilha que achaca e assola o nosso país”, completou Cid Gomes.
Ele também recomendou ao PDT se engajar na campanha que pede a renúncia do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Gomes disse que o partido precisa traçar um projeto de país para disputar a presidência em 2018 e que esse projeto passa pela liderança do irmão dele, Ciro Gomes, também recém-filiado ao PDT.

O discurso de Cid foi feito durante a convenção do PDT cearense. Apenas a metade da quadra do ginásio estava ocupada por militantes. A organização começou a retirar o excesso de cadeiras antes mesmo do final do evento.


(Com Estadão Conteúdo)

Nenhum comentário: