quarta-feira, setembro 23, 2015

MUITO INTERESSANTE. Aos 63 anos, pedreiro se forma em Direito após pedalar 42 Km por dia para estudar

 
 Aos 63 anos, o pedreiro Joaquim Corsino é sinônimo de conquista e superação. Morador de Cariacica, município do Estado do Espírito Santo, Joaquim realizou o sonho de sua vida ao se formar em direito, na noite dessa quinta-feira (17).

Para chegar à conquista, todos os dias o pedreiro pedalava cerca de 21 quilômetros de sua casa até a faculdade de direito, que fica em Vitória, ou seja, 42 quilômetros com ida e volta.

O pedreiro, nascido em Itaumirin, interior de Minas Gerais, pretende ser delegado de polícia, e começou a estudar em 2008, pagando a faculdade com o dinheiro que juntava desde 1980, quando teve que deixar os estudos para trabalhar.

Contudo, um imprevisto fez com que o mineiro trancasse o curso. “Um amigo pediu R$ 4.500 emprestados e não pagou. Aí eu tive que parar a faculdade para juntar mais dinheiro para poder pagar o curso todo”, disse em entrevista ao jornal A Gazeta.

Persistente, o pedreiro não desistiu e retornou aos estudos em 2012, onde concluiu o bacharelado.

Quando eu leio a Constituição no artigo quinto, que fala que todos têm direitos iguais, vejo que tem muita coisa boa nela e eu gostaria de contribuir para isso”, declarou o formando, completando que o próximo passo é ser aprovado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).


*Com informações de A Gazeta

Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...