segunda-feira, setembro 28, 2015

A arrogância e a falibilidade dos projetos humanos

A arrogância, presunção e ousadia do ser humano, são impressionantes! Cheguei a essa conclusão depois de observar os últimos acontecimentos no Brasil e no mundo, envolvendo a política. Começando pela declaração da presidente da republica Dilma Roussef na ONU, afirmando que o Brasil vai diminuir drasticamente a emissão de gases que provocam o efeito estufa e, por conseguinte, o aquecimento do planeta, até 2030. Ora! Como ela pode se comprometer diante do mundo a fazer algo tão complexo? Pois quem garante a sua permanência no cargo? E os políticos regionais? Você já observou o quanto estão agitados? Correm de um lado pro outro, em permanente conflito uns com os outros, mentem, enganam e tudo por causa da eleição do ano que vem. Aqui em Nova Russas nota-se claramente uma batalha para ver quem consegue o maior numero de partidos, não importando os feridos e os mortos em sua honra. O mais impressionante, li do Ciro Gomes, recém filiado ao PDT, que disse:" Nesse momento, não tenho mais vontade de disputar a presidência, em razão de um cenário onde o governo concedeu muito espaço para essa gente. O desmantelo está tão grande e tão grave que vai ser difícil para o sucessor de Dilma Roussef governar". Prevê o ex-ministro.

Como pode, simples mortais terem tanta certeza em relação ao amanhã? A Bíblia nos fala da falibilidade dos projetos humanos.

Tiago - 4: 13 -16 Atendei, agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois' apenas, como neblina que aparece por um instante e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo. Agora, entretanto, vos jactais das vossas arrogantes pretensões. Toda jactância semelhante a essa é é malígna.

Nenhum comentário: