quinta-feira, agosto 06, 2015

Em jantar na casa de Tasso, senadores discutem impeachment


Um jantar na casa do senador Tasso Jereissati (PSDB), em Brasília, nessa última terça-feira (04/08), reuniu líderes no Senado e teve como um dos principais cardápios a crise política e o eventual processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Entre os presidentes, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), o líder da bancada do PMDB, Eunício Oliveira, e os tucanos Aécio Neves, Cássio Cunha Lima, Aloysio Nunes e José Serra.

O PSDB ofereceu o jantar ao presidente do Senado para discutir o agravamento da crise política e a possibilidade de abertura de um processo de impeachment contra Dilma Rousseff. Os senadores  discutiram cenários no caso de destituição da presidente e eventual posse do vice, Michel Temer.

Durante o jantar, integrantes dos dois partidos afirmaram que o governo está “perdido”, mas chegaram a um consenso de que a tese do impeachment “não está madura”, segundo relatos apurados pela reportagem da Folha de São Paulo.

Nenhum comentário: