quarta-feira, maio 13, 2015

PREFEITOS ELEITOS EM 2016 DEVERÃO TER MANDATOS DE APENAS DOIS ANOS



O relatório da Reforma Política apresentado ontem (12) acaba com a reeleição de presidente da República, governadores e prefeitos. 

A nosso ver, o fim da reeleição fortalecerá o princípio da igualdade de chances entre os candidatos, inibirá o uso da máquina administrativa por parte de candidatos à própria reeleição e concentrará os esforços de governo na própria administração”, justifica o relator Marcelo Castro.

A proposta estabelece ainda que os prefeitos e vereadores eleitos em 2016 terão mandato de  dois anos, a fim de que as eleições coincidam. Dessa forma, em 2018 haverá eleição para todos os cargos eletivos.

O texto fixa a duração de cinco anos de mandato para todos os cargos, inclusive para os senadores.

Nenhum comentário:

Destaque

O fascismo da esquerda hipócrita

Com o título “O fascismo da esquerda hipócrita”, eis artigo de Catarina Rochamonte, doutora em Filosofia e professora da Uece. Ela bate...