quarta-feira, maio 20, 2015

Coluna do Professor Tim sobre aniversário de Luís Augusto e edição do Jornal Seara.


Jornal Seara bate recorde de audiência no aniversário de Luís Augusto!

Se já é o mais popular e o mais ouvido jornal radiofônico de nossa região, o Jornal Seara bateu recorde de audiência na edição especial de aniversário do seu apresentador âncora, Luís Augusto -um dos mais talentosos e competentes profissionais do rádio do Ceará.

Na edição desta terça [19], célebre pelo aniversário de Luís Augusto


 a audiência do Jornal Seara foi muito maior. Bombou totalmente. Muitas participações de ouvintes e recados pelo Whatsapp e redes sociais prestando solidariedade ao grande e maravilhoso profissional do rádio Luís Augusto.

Luís Augusto, de maneira humilde e educada, agradeceu a todos!
Mostrando-se uma pessoa humilde e solidária.

Falta de água pautou edição...

Ao mesmo tempo em que as pessoas estavam felizes com o aniversário do radialista Luís Augusto, apresentador âncora do Jornal Seara, a principal pauta do Jornal Seara foi sobre a questão da falta de água na zona urbana e na zona rural de Nova Russas -a quem Luís Augusto chamou de drama trágico.

Diversos ouvintes ligaram para denunciar e criticar a falta de água. Francineide [Alto da Boa Vista], Salgueiro [do Progresso], Pedro Carvalho da Lagoa Seca e Pedrão da Pedra D'água, entre outros, ligaram para o Jornal Seara denunciando a falta de água em suas comunidades.

Outros assuntos no Jornal Seara: Afastamento ou não do prefeito e alguns vereadores de Nova Russas, adulteração de combustíveis, falta de transparência em alguns municípios, Operação Lava Jato, cortes nos gastos públicos, reforma política, prisão de carro de radialista no Ipu etc.

Amigos e servos de Deus...

Bastante emocionado com os elogios dos seus colegas de Jornal Seara, Luís Augusto disse que era uma glória e uma bênção trabalhar com servos de Deus maravilhosos como Zilanda Pontes [apresentadora âncora], Luís Sousa [repórter] ,


 Cícero Maia [correspondente em Tamboril] e Assis Moreira -correspondente do Jornal Seara em Crateús.

Falou mais. Era um privilégio divino ter na fase intermediária de sua vida de profissional de rádio, colegas tão importantes e tão imprescindíveis.

Linguagens e metalinguagens de Luís Augusto...

Abertura do Jornal Seara é feita pelo radialista e apresentador âncora, Luís Augusto dizendo que ali existe uma das melhores equipes de rádio do interior do Ceará, debatendo e discutindo temas de interesse da coletividade e da ética jornalística pelo jornalismo independente.

Luís Augusto


 chama os 60 minutos finais do Jornal Seara de segunda hora, onde também diz, ok, estamos voltando aqui do intervalo com mais notícias.

"Fala aí Salgueiro, onde é que nós vamos parar com tanta corrupção", professor Tim"; Francineide, por exemplo, aqui se denuncia, se critica, mas é preciso também cobrar da população e não apenas do poder público. Luís Augusto ao entrevistar os ouvintes.

Mas não tem jeito não, enquanto Deus quiser nós vamos aqui cobrar os direitos do povo de Nova Russas e da região, Luís Augusto expressando seu jornalismo cidadão sem medo.

Deixa eu ilustrar um pouco isso, por exemplo, só que tem um detalhe aí, são expressões que Luís Augusto usa para melhor explicar os fatos.

E chamou a reforma política de colcha de retalhos.

Assim são as linguagens e metalinguagens de Luís Augusto.

Profissional do rádio de comunicação fácil e interativa.

Aniversário celebrado na Rádio Seara...

Até por ser um dos melhores profissionais do Sistema Seara de Comunicação, Luís Augusto celebrou seu aniversário nas dependência da Rádio Seara. Pastor Ivan


e outras personalidades do Sistema Seara estavam presentes na celebração do aniversário de Luís Augusto.

Túnel do tempo...

Que fim levou o Manuel Sales, que nunca mais ligou para o Jornal Seara?

É o novo!

Novarussense das antigas lembrando do tempo em que Luís Augusto apresentava o Alô, alô Nova Russas, ao lado de Moésio Loiola.


Colunista: Professor Tim é cientista político, crítico de jornalismo e ouvinte do Jornal Seara.







Nenhum comentário: