sexta-feira, março 06, 2015

CID GOMES IRÁ DAR EXPLICAÇÕES DE ACUSAÇÕES NA PRÓXIMA QUARTA (11)


O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou que o ministro da Educação, Cid Gomes, vai ao Plenário na quarta-feira (11), às 15 horas, para explicar declaração em que se referiu a deputados como “achacadores”. A convocação do ministro foi aprovada ontem. Se ele não vier, pode sofrer processo por crime de responsabilidade.

Durante visita à Universidade Federal do Pará, Cid Gomes teria dado a seguinte declaração: “Tem lá [no Congresso] uns 400 deputados, 300 deputados que, quanto pior, melhor para eles. Eles querem é que o governo esteja frágil porque é a forma de eles achacarem mais, tomarem mais, tirarem mais dele, aprovarem as emendas impositivas”.

O pedido de convocação foi apresentado pelo DEM. Para o líder do partido, deputado Mendonça Filho (PE), o ministro tem de vir ao Congresso para apontar quem seriam os “achacadores” a que se referiu. Caso contrário, ofende todos os parlamentares. “Ele tem de dizer ao Brasil quem achacou, de que forma isso aconteceu e em que circunstâncias”, disse.

O último ministro convocado para falar no Plenário da Câmara foi Antônio Cabrera, titular da pasta da Agricultura em 1991. Ele falou sobre os efeitos do Plano Collor 2 no setor rural.

Fonte: Agência Câmara

Nenhum comentário:

Destaque

SE HOUVER, CIRO ESTARÁ FORA DO SEGUNDO TURNO DE ACORDO COM PESQUISA ENCOMENDADA PELA GENIAL INVESTIMENTOS

A primeira pesquisa do dia foi encomendada pela Genial Investimentos, como informa O Antagonista. Jair Bolsonaro (PSL) lidera com 30% ...